Sábado, 13 de Abril de 2013

Seminário discutiu a importância económica da bicicleta



No âmbito da Semana da Bicicleta, organizada pela Câmara Municipal da Murtosa, o Salão Nobre dos Paços do Município da Murtosa acolheu, na passada sexta-feira, dia 12 de abril, um seminário subordinado ao tema “A Bicicleta e a Economia”, que reuniu uma série de visões, distintas mas complementares, da importância económica, direta e indireta, da bicicleta.

O Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Eng. Joaquim Baptista, começou por dar as boas-vindas aos palestrantes e aos mais de 60 participantes no seminário, agradecendo a presença de todos. Teceu, depois, algumas considerações sobre a dimensão económica da bicicleta, que considerou um dos eixos fundamentais da estratégia de promoção dos meios suaves de locomoção, preconizada pelo projeto “Murtosa Ciclável”, na medida em que os projetos devem possuir sustentabilidade e serem potenciadores de ganhos financeiros para os agentes económicos que envolvem.

 
De seguida, deu a palavra ao Vice-Presidente da Câmara Municipal, Eng. Januário Cunha, que conduziu os trabalhos do seminário e apresentou cada um dos palestrantes do primeiro painel, que trouxe exemplos concretos de empreendedorismo associado à bicicicleta.

 
O Dr. José Lopes, cessionário da Porta da Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria, apresentou as linhas orientadoras do espaço, que pretende ser um elemento aglutinador das mais variadas ofertas locais, colocando-as ao dispor do visitante e munindo-o de toda a informação relevante para conhecer, de bicicleta o Concelho;

O Eng. Sérgio Ribeiro, da consultora Exertus, dissertou acerca do desafio “mobilidade suave”, desenvolvido pela ABIMOTA, em parceria com o Pólo de Competitividade e Tecnologia das Indústrias da Mobilidade – Portugal Mobi 2015, que pretende traçar uma estratégia colectiva que permita desenvolver um conjunto de acções para o desenvolvimento de uma fileira de mobilidade eléctrica de duas rodas. 

Por fim, o Dr. Dinis Ramos, mais conhecido por no meio ciclista por “Noca”, depois de tecer rasgados elogios ao trabalho feito na Murtosa no domínio da mobilidade ciclável, falou acerca do seu trabalho de design de bicicletas exclusivas, enfatizado a importância da internet da divulgação e captação de clientes no mundo inteiro.

Depois de uma pausa para café, os trabalhos foram retomados com o segundo painel, que abordou as novas tendências da utilização da bicicleta.


Coube ao Eng. Paulo Monteiro Rodrigues, da ABIMOTA, apresentar a visão da indústria das bicicletas relativamente ao incremento que a utilização da bicicleta está a ter, a nível mundial. Depois de elogiar a Murtosa, que considerou ser um autêntico laboratório de boas práticas, onde convivem todos usos da bicicleta, apresentou os desafios que comportam, hoje, as várias dimensões atuais da bicicleta, que vão muito para além do simples meio de transporte ou de lazer, referindo, com exemplos, a saúde, a moda ou a economia social, por exemplo.
O ponto de vista da imprensa especializada, foi trazido pelo Dr. Bruno Pires e do Dr. Gonçalo Freitas, respetivamente diretor e diretor-adjunto da revista Freebike, que focaram as dificuldades da implementação de uma verdadeira estratégia de mobilidade ciclável nos grandes centros urbanos, em contraponto às boas práticas de localidades de pequena dimensão, como a Murtosa por exemplo. Focaram, igualmente, a importância que assume hoje a dimensão desportiva associada à bicicleta, como é o caso do BTT e do ciclismo de estrada.



 
Antes da conclusão dos trabalhos, houve espaço para o debate, entre os participantes e os palestrantes convidados.

publicado por januário às 20:52
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Murtosa marcou presença no Festival da Bicicleta Solidária em Lisboa


Foto de família, no Terreiro do Paço, com a comitiva Murtoseira, encabeçada pelo Vice-Presidente da Câmara, Eng. Januário Cunha, 
com o Presidente da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta, Sr. José Caetano, e o Arquiteto Miguel Barroso, da FPCUB.


A convite da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB), organizadores do evento, uma comitiva Murtoseira, composta por cerca de duas dezenas de ciclistas, participaram, no passado domingo, dia 11 de novembro, no Festival da Bicicleta Solidária, que se realizou em Lisboa.
 
O Festival Bicicleta Solidária aliou a promoção da utilização da bicicleta à solidariedade, na medida em que cada participante foi convidado a trazer, como forma de inscrição, bens alimentícios de primeira necessidade, que a organização distribuirá por instituições de apoio a pessoas carenciadas.
 
Partindo do Terreiro do Paço, onde se deu a concentração, a animada comitiva Murtoseira, onde se incluíam o Vice-Presidente da Câmara Municipal, Eng. Januário Cunha, o Vereador da Câmara Municipal, Sr. Agostinho Oliveira, e o Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara, Eng. Daniel Bastos, percorreu, conjuntamente com as largas centenas de participantes no evento, a baixa da cidade, subindo, depois, pela Avenida da Liberdade, até ao Marquês de Pombal. A caravana de cicloturistas rumou depois ao Largo de Rato e daí, desceu até ao rio, passando por S. Bento, retornando, novamente ao ponto de partida.
 
A presença Murtoseira em terras Lisboetas, pelo segundo ano consecutivo, serviu também para promover o Projeto “Murtosa Ciclável”, uma vez que o grupo pedalou nas bicicletas do projeto, facto que, naturalmente, despertou o interesse e a curiosidade dos outros participantes e daqueles que assistiram ao evento.


FOTOS DO EVENTO












publicado por januário às 20:47
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

Inaugurada a Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria


O concessionário, Dr. José Lopes, com a sua namorada, o Vice-Presidente da Câmara Municipal, Eng. Januário Cunha, 
o Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Baptista, o Vereador, Sr. Agostinho Oliveira, 
o Diretor Regional da Segurança Social de Aveiro, Dr. Santos Sousa, e convidados
.

O programa de comemorações do 86º aniversário da criação do Concelho da Murtosa teve início, no passado sábado, dia 27, pelas 15h, com a inauguração da Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria.
 
O equipamento assume-se como uma verdadeira porta de entrada, uma característica evidente, desde logo, pela sua localização geográfica, na confluência da EN 109-5 com a Avenida da Cidade de Newark, na zona dos Adeixos, que constitui o principal eixo viário de acesso ao centro da vila. Para além disso, a porta de entrada, pelos serviços que oferece, pretende ser o primeiro ponto de contacto do visitante com a Murtosa e com a Região. Para tal, o edifício está dotado de três valências principais: um posto de turismo, onde o visitante poderá conhecer, virtualmente, o território, vendo, por exemplo, um filme promocional, consultando folhetos em papel, explorando uma mesa tátil com informação geográfica dos pontos mais relevantes do Município ou navegando na internet através de um acesso wireless gratuito; um espaço de rent-a-bike, onde poderão ser alugadas bicicletas, que possui, igualmente, o serviço de pequenas reparações; e, finalmente, um equipamento de cafetaria, que, à semelhança dos restantes serviços estará acessível, não só aos turistas como ao público em geral. Em suma, pretende-se que o visitante fique a conhecer o território, tenha a possibilidade de deixar o automóvel e possa partir, de bicicleta, à descoberta do património natural e cultural local.
 
Usando da palavra na cerimónia de inauguração, o Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Baptista, agradeceu a presença das dezenas de pessoas que fizeram questão de se associar ao evento, realçando a importância da Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria na materialização das dinâmicas do projeto “Murtosa Ciclável”.
 
Elogiou a vontade demonstrada pelo concessionário com quem a Autarquia estabeleceu uma parceria, o Dr. José Lopes, um jovem Murtoseiro, licenciado em Turismo, em abraçar este projeto, afirmando depositar grandes expectativas na concretização dos objetivos traçados para a Porta de Entrada, que considerou ter a potencialidade de gerar dinâmicas turísticas de valorização do território, cuja amplitude vai muito para além das três valências que oferece.
 
Visivelmente satisfeito, o Dr. José Lopes, começou por qualificar a sua aposta como um aventura que estava agora a iniciar, tendo em consideração o período de contenção e de dificuldades que o país atravessa, afirmando, no entanto, estar convicto que o projeto iria ter o sucesso que desejava, na medida em que estavam reunidas duas condições fundamentais: a fortíssima atratividade do Concelho da Murtosa, com condições naturais únicas, capazes de potenciar o desenvolvimento de projetos turísticos de qualidade e a disponibilidade da Câmara Municipal da Murtosa para se constituir um parceiro ativo na materialização dessas dinâmicas.
 
Referiu que a Porta de Entrada representava a concretização de um sonho, que acalentava desde os tempos de estudante de Turismo, de poder materializar um projeto de valorização turística da sua terra.
 
Os participantes foram, depois, convidados a visitar as várias valências do edifício, tendo sido descerrada uma placa evocativa da inauguração, a que se seguiu um pequeno beberete oferecido pelo concessionário e pelo Município.


O Presidente da Câmara, Eng. Joaquim Baptista, e o Diretor Regional da Segurança Social, 
Dr. Santos Sousa, descerram a placa evocativa da inauguração



Visita à area do posto de turismo.

publicado por januário às 22:45
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Murtosa recebeu o IX Congresso "A Bicicleta e a Cidade"

A Murtosa reuniu, neste fim-de-semana, a comunidade ciclista de Portugal e Espanha, que participou na nona edição do Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”, organizado pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB), pela congénere espanhola Coordinadora en Defesa de Bici (CONBICI) e pela Câmara Municipal da Murtosa.
 
O evento juntou na Murtosa mais de 200 congressistas, na maioria espanhóis, tendo sido, por isso, o mais participado de todos os congressos ibéricos “A Bicicleta e a Cidade” realizados até hoje em Portugal. Pela sua dimensão, duração e logística envolvida, o encontro constituiu uma demonstração inequívoca da capacidade organizativa do Município da Murtosa, que assumiu a responsabilidade de acolher um dos mais importantes fóruns europeus da bicicleta.
 
Depois de Sevilha, em 2010, a escolha da Murtosa para a realização do congresso, em 2012, foi o reconhecimento, por parte das federações ibéricas, do trabalho realizado no Município em prol do uso da bicicleta, consubstanciado no Projecto “Murtosa Ciclável”.
 
Os trabalhos, que tiveram como palco os Paços do Município da Murtosa assumiram-se como momentos extremamente importantes de reflexão acerca das políticas de promoção da utilização da bicicleta, juntando um conjunto de visões, complementares entre si, do meio associativo, universitário, político e técnico de Portugal e de Espanha.
 
 
DIA 27 DE ABRIL
 
Na sexta-feira à tarde começaram a chegar os primeiros congressistas, que efectuaram a sua acreditação e visitaram as exposições de empresas e instituições na tenda gigante, montada expressamente para o congresso, na Praça do Município.
 
Os participantes rumaram, depois, de bicicleta até à Casa-Museu Custódio Prato, onde os esperava um jantar típico confeccionado pelo Rancho Folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria”. A colectividade presenteou, depois, a assistência, com uma actuação, que deu a conhecer os cantares e as danças das gentes marinhoas.

FOTOS


O Professor Ricardo Marqués, da Universidade de Sevilha e da organização "A Contramano" 
foi um dos primeiros congressistas a fazerem a sua acreditação


Preparação para saída em bicicleta rumo à Casa Museu Custódio Prato


Passagem pela Avenida da Cidade de Newark


Jantar/convívio na Casa Museu Custódio Prato

 

 

 

 

DIA 28 DE ABRIL
 


No sábado, teve lugar a sessão de abertura do congresso, que contou com a presença do Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Dr. Sérgio Monteiro e do Presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), Eng. Ribau Esteves.



Antes das palavras de boas-vindas, proferidas pelo Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Baptista, foi mostrado, pela primeira vez, o vídeo promocional do Município da Murtosa, que serviu de apresentação do nosso território aos participantes. Usando da palavra, o Presidente da Câmara deu conta da forte aposta do Município na mobilidade ciclável, factor de qualidade de vida e de afirmação do Concelho dentro e fora de portas.

 
Seguiu-se a intervenção do Presidente da CIRA, que realçou a pretensão de dar uma dimensão regional à promoção da bicicleta, dando como exemplo a ciclovia que atravessará toda a área geográfica da Ria de Aveiro.

 
Também o Presidente da FPCUB, Sr. José Caetano, e o Coordenador da CONBICI, Prof. Carlos Poblete, fizeram uma intervenção cada, reforçando a importância dos congressos ibéricos na definição de estratégias de valorização da bicicleta, nos mais diversos domínios. Falando em concreto do Município da Murtosa, o Presidente da FPCUB, elogiou o sucesso da implementação de um política fomentadora do uso da bicicleta. Aproveitou a oportunidade para agraciar o anterior Presidente da Câmara Municipal, Dr. Santos Sousa, com o título de membro honorário da FPCUB.




A fechar a sessão inaugural, discursou o Secretário de Estado Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, que afirmou ser prioridade da administração privilegiar os meios suaves de locomoção, dando a conhecer que estava em preparação a Carta da Mobilidade Ligeira.

 
Seguiu-se o primeiro painel dos trabalhos, moderado pelo Professor Doutor Artur Rosa Pires, pró-reitor da Universidade de Aveiro, constituído pelo Eng. Januário Cunha, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, que apresentou o Projecto “Murtosa Ciclável”; pelo Dr. José Sá Fernandes, Vereador da Câmara de Lisboa, que mostrou o projecto “Lisboa Ciclável”, pelo Sr. Carlos Alonso, da associação “Asturia con Bici”, que falou acerca da promoção da bicicleta no Município de Oviedo, e pelo Professor Rogério Gomes, Presidente da Rede Portuguesa para o Desenvolvimento do Território – Instituto do Território, que focou algumas das questões essenciais da relação entre a bicicleta e o ordenamento do território.





Depois do coffee break, servido na tenda de apoio, pelos alunos do CEFA de restauração e hotelaria da Escola Padre António Morais da Fonseca, teve lugar a segunda sessão plenária, que privilegiou a partilha de experiências do meio universitário. Num painel moderado pelo Eng. Januário Cunha, fizeram as suas apresentações o Professor Ricardo Marqués, da Universidade de Sevilha, o Professor Doutor José Paulo Esperança, vice-reitor do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, o Professor Jeronimo Jablonski, em representação da Conferencia de Reitores das Universidades Espanholas (CRUE) e o Professor José Carlos Mota, da Universidade de Aveiro.

Após a pausa para o almoço, que decorreu na Escola Padre António Morais da Fonseca, os congressistas regressaram aos Paços do Município para o trabalho em comissões. Dividos em 3 temáticas, distribuídas por outras tantas salas, foram apresentadas uma série de comunicações:
 
TEMA 1 - A integração da bicicleta na mobilidade urbana – Moderador: Arq. Miguel Barroso

Identificação
Entidade
Titulo
Pedro Malpica
A Contramano
Projecto Europeu VOCA (Academia de Voluntarios en Ciclismo)
Pedro Madruga
Universidade Nova de Lisboa
Estratégias de planeamento de mobilidade ciclável e avaliação da transferência modal – estudo de um caso de Almada
BeAgueda
Câmara Municipal de Águeda
Bicicleta eléctrica de Águeda: um projecto de mobilidade de todos para todos
Joaquim Escauriaza
La Coruña en Bici
¿Tiene China algo que ver?
Ana Santos
FMH
A bicicleta em Lisboa: quando mudar de vida é mudar a cidade
Rui Amador
Specialized Portugal
Sensibilizar e educar os mais jovens para a utilização da bicicleta
Cipriano Castro
 
Bicicletas Elétricas – a bicicleta para todos, em todos os lugares e ocasiões
Red de Ciudades pela Bicicleta
 
Biciregistro
Francisco J. Bastida Freijedo
Universidad de Oviedo
 
Juan Manuel Mellado
A Contramano
El "Día Metropolitano de la Bici":
 una experiencia de movilización ciclista  en entornos metropolitanos.
 
TEMA 2 - O uso da bicicleta em pequenas cidades e em espaços rurais –Moderador: Dr. Roque Oliveira
Identificação
Entidade
Titulo
Paulo Guerra dos Santos
FPCUB / Ecovias
A bicicleta como veículo e ferramenta de trabalho
Javier Sanz
Fundación Cidaut, Parque Tecnológico Boecillo
Diseño y desarrollo de vehículos de tres ruedas com asistencia eléctrica, para movilidad en el ambito rural

Raúl Gomez
A CONTRAMANO
 Red Iberica Eurovelo/Red Iberica de vias cicloturistas
Victoria Santiago
Maria José Garcia
Murcia en Bici
MURCIA en Bici, donde todos cabemos

Manuel da Cunha Soares
Associação do Monte
O uso da pasteleira pelo Povo Marinhão
 
 
TEMA 3 - A bicicleta: urbanismo, infraestruturas e legislação: Moderador José Carlos Mota
Identificação
Entidade
Titulo
João Camolas
Câmara Municipal de Lisboa
Pedalar em Lisboa – A desconstrução dos mitos
Vicente Herrador
SIBUS
Cómo interpretar los estudios sobre los beneficios económicos y medioambientales de la bicicleta
Paulo A. G. Berardo de Andrade
 
A bicicleta, algumas referências legais e a necessária revisão do Código da Estrada/(Rua?)
José Maria dos Santos Garcia
Auditor de Segurança Rodoviária
Urbanismo, infra-estruturas e Legislação
David Vale
Fac. Arquitectura - UTL
O papel das características da cidade na promoção do uso da bicicleta.
Pedro Malpica
A Contramano
La vialidad ciclista como conducta oprimida
 
Findos os trabalhos das comissões, os participantes tiveram a oportunidade de ficar a conhecer melhor o território Murtoseiro, através de um passeio de bicicleta que saiu da Câmara Municipal, seguiu pela Rua Dr. Carlos Sousa Ferreira e depois pela Avenida da Cidade de Newark até à EN 109-5. O percurso continuou até à Varela, onde foi tomado o percurso visitável da natureza, NaturRia, até à Mamaparda. Os ciclistas seguiram depois, campos fora, pela Rua da Mamparda até ao arruamento que faz a ligação à Ribeira de Pardelhas.
 
 
Na Ribeira de Pardelhas, na sede da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, esperava-os um jantar servido pela Confraria Gastronómica “O Moliceiro”, onde não faltou a animação do grupo “Trovas à Toa”, que os saudou à chegada, e o encantamento do fado, trazido de forma sublime, no final do jantar, pela fadista Murtoseira Argentina Freire.

 
 
DIA 29 DE ABRIL
 


No domingo, pelas 9.30h, teve lugar uma sessão plenária, com contou com apresentações do Arquitecto Miguel Barroso e do Dr. Roque Oliveira, dirigentes da FPCUB, do Sr. Manuel Martin, dirigente da CONBICI, da Arquiteta Isabel Seabra, do IMTT, que fez a apresentação do Pacote de Nacional de Mobilidade, da Eng. Patricia Castro, que deu a conhecer o Plano Intermunicipal de Mobilidade da Região de Aveiro e do Dr. Hélder Batista, da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, que abordou a problemática da sinistralidade rodoviária entre os ciclistas.
 
Depois da pausa para café, os trabalhos foram reatados para a sessão de encerramento, na qual os coordenadores de cada uma das comissões de sábado tiveram a oportunidade de fazer um resumo das comunicações apresentadas e das conclusões de casa uma das sessões temáticas.
No encerramento, usaram da palavra o Presidente da FPCUB, Sr. José Caetano, o Coordenador da CONBICI, Professor Carlos Poblete, o Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Eng. Joaquim Baptista e o Secretário de Estado da Administração Interna, Eng. Paulo Júlio. Nas palavras de balanço, feitas pelos oradores, ressaltou o enorme sucesso alcançado pela edição Murtoseira do congresso ibérico, quer em número de participantes, quer na qualidade das apresentações. O Eng. Joaquim Baptista, deu conta da satisfação do Município pelo nível dos trabalhos e pela oportunidade que este representou para a afirmação e divulgação da Murtosa. O Eng. Paulo Júlio reforçou a importância que as Autarquias Locais assumem na implementação de estratégias de promoção dos meios suaves de locomoção, realçando o exemplo do Município da Murtosa.
Como é habitual, foi feito o anúncio do local de realização do próximo Congresso Ibérico, que decorrerá na cidade de Vitória-Gasteiz, no Pais Basco Espanhol, já em 2013, iniciando uma nova periodicidade para o evento, que passará a acontecer anualmente, mantendo-se a alternância entre Portugal e Espanha.
Depois do almoço, na Escola Padre António, os congressistas rumaram à Casa Museu Custódio Prato, onde assistiram à inauguração da nora e à recriação do seu funcionamento, seguida da actuação do Rancho Folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria” e de ranchos vindos de Pombal e de Viana do Castelo, naquele que representou mais um momento de contacto com os usos e tradições locais.




DIA 30 DE ABRIL

 



O dia 30 de abril foi dedicado à Assembleia da CONBICI, que reuniu, no Salão Nobre dos Paços do Município, representantes de associações de promoção da bicicleta, vindos de várias cidades e regiões espanholas.
 
No período da tarde, os muitos participantes espanhois tiveram a oportunidade de visitar a região, em particular a cidade de Aveiro.

Chegava ao fim o IX Congresso Ibérico "A Bicicleta e a Cidade". 

VEJA AQUI AS CONCLUSÕES DO CONGRESSO

publicado por januário às 20:31
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Abril de 2012

Fórum Murtosa Ciclável discutiu o Turismo Sustentável



Mais de seis dezenas de pessoas responderam ao desafio da Câmara Municipal e marcaram presença na quinta edição do Fórum Murtosa Ciclável, que decorreu nos Paços do Município, no passado sábado, dia 31 de março. Para além da apresentação do estado de evolução do Projeto “Murtosa Ciclável”, o fórum deste ano teve como temática de reflexão o “Turismo Sustentável”, contando, para tal, com a participação da Professora Maria João Carneiro, da Universidade de Aveiro. Para além dos cidadãos em geral, foram chamados a este debate, de uma forma especial, todos os agentes económicos do Município, em particular aqueles mais ligados às atividades turísticas, como a hotelaria, a restauração ou os serviços.
 
Dando início à sessão, o Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Eng. Joaquim Baptista, deu as boas-vindas e agradeceu a presença de todos, frisando a importância dos fóruns na implementação do projeto “Murtosa Ciclável”, na medida em que representam momentos privilegiados de informação e discussão, envolvendo os cidadãos no processo de reflexão acerca do desenvolvimento do seu Território.
 
De seguida, tomou a palavra o Eng. Januário Cunha, Vice-Presidente da Câmara Municipal, que apresentou, de forma sucinta, a evolução do projeto no ano anterior, destacando, no domínio material, a concretização das ciclovias da Avenida da Cidade de Newark, que veio estabelecer a ligação entre a EN 109-5 e o centro da vila, e da Rua da Saudade, na Torreira, que considerou um dos modelos de intervenção do executivo, na medida em que este tem tido a preocupação, sempre que tal é possível, de associar a materialização de ciclovias a projetos de requalificação da rede viária, como é o caso daquela via, que foi beneficiada no âmbito da obra de construção do novo parque de campismo. Referiu, igualmente, as obras em curso, nomeadamente as duas empreitadas de requalificação de áreas marginais (Chegado-Ribeira de Pardelhas e Ribeira de Pardelhas-Ameirinhos), que contemplam a implementação de uma via ciclável, ao longo da mota de proteção, e a variante à EN224-2 no centro do Bunheiro, que inclui ciclovia em toda a sua extensão.
 
Falando do domínio imaterial, o Vice-Presidente reforçou a importância do envolvimento das coletividades e dos estabelecimentos de ensino no sucesso do projeto, dando conta dos inúmeros eventos de promoção da bicicleta que tiveram lugar e que mobilizaram muitas centenas de pessoas. Sobre o impacto da estratégia de mobilidade ciclável do Município, referiu a participação da Autarquia em eventos nacionais e internacionais, dando ênfase ao IX Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”, que decorrerá de 27 de abril a 1 de maio, na Murtosa e à Semana Europeia do Cicloturismo, que acontecerá, na nossa Terra, em 2014.
 
Dando continuidade à sessão, o Presidente da Câmara Municipal apresentou os investimentos futuros, no capítulo da promoção da mobilidade, tendo dado conta da concretização futura de um conjunto de empreitadas de requalificação das áreas ribeirinhas, que darão continuidade às atualmente em curso, nomeadamente, as intervenções nos troços Ribeira Nova-Chegado, (na Murtosa), EN109-5 – Ribeira do Gago, passando pelo cais do Mancão, e Ribeira do Martinho – Ribeira das Teixugueiras (ambas na Freguesia do Bunheiro). No domínio da mobilidade ciclável urbana referiu a empreitada de construção de ciclovias e passeios na Freguesia da Torreira, que se iniciará em breve, bem como o esboço do projeto de beneficiação de espaços públicos na zona da Acabada, que contemplarão, para além de outras intervenções de vulto, a ampliação da rede ciclável urbana do Concelho.
 
Depois das intervenções do Vice-Presidente e do Presidente da Câmara Municipal, foi a vez da Professora Maria João Carneiro, docente de Turismo da Universidade de Aveiro e convidada especial do V Fórum, falar acerca do Ecoturismo, dando conta da relevância crescente desse tipo de turismo ao nível mundial. Elencou, de forma sucinta, todas as características que a prática do Turismo deve ter para ser considerada sustentável e afirmou que o território da Murtosa possui todas as condições para sua prática, dando estar inserido numa zona natural de excelência e possuir um referencial cultural muito relevante, vertentes que potenciam fortemente a sua atratividade neste domínio. Dirigindo-se aos agentes turísticos presentes, frisou a possibilidade de, à volta do património cultural, social e ambiental, ser criada uma oferta turística diversificada que envolva a todo o tecido social e económico do Concelho. Deu como exemplo o aproveitamento da vertente da pesca, à volta da qual se poderão organizar produtos turísticos, desde a valorização da gastronomia, até às experiências de pesca com os próprios pescadores, passando pela componente museológica, como é o caso do aproveitamento das antigas instalações da COMUR.
 
Referindo exemplos de boas práticas no domínio do Turismo Sustentável que, na sua opinião, são facilmente replicáveis no nosso território, como a observação de aves ou as visitas guiadas, a Dra. Maria João Carneiro reforçou a importância do envolvimento das comunidades locais que considerou vitais no planeamento das ações, na promoção da oferta turística e no fornecimento de determinados serviços ao turistas, conseguindo, dessa forma, que o território beneficie ambiental e economicamente da prática turística.
 
Depois das apresentações, seguiu-se um período de intervenções do público e debate. Destaque para a poetisa popular murtoseira, D. Glória Cruz, que leu um poema dedicado ao projeto “Murtosa Ciclável”, o qual, de forma simples e certeira, fez a súmula da temática abordada no fórum. Também o Diretor Regional da Segurança Social de Aveiro, Dr. Santos Sousa, que fez questão de marcar presença no evento, fez questão evidenciar o caminho traçado pelo executivo municipal da Murtosa ao nível da mobilidade sustentável, referindo que os frutos desse esforço estavam à vista de todos, em particular na inegável projeção que o Município tem vindo a alcançar por via da valorização da bicicleta, referindo, como exemplo, um artigo do Jornal de Notícias, desse dia, que tinha como título “Murtosa, capital ibérica da bicicleta em 2012”, a respeito da realização, em terras Murtoseiras, do IX Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”.
 
Ao longo da noite muitas foram as intervenções acerca da temática abordada, que se revelaram particularmente interessantes face à diversidade e pertinência das questões e reflexões partilhadas. Uma das questões mais discutidas foi a necessidade de se criarem mecanismos de articulação, ao nível da informação e planeamento de produtos turísticos, entre os diversos agentes locais. O balanço deste V fórum é muito positivo, tendo-se cumprido o principal objetivo da Autarquia ao promover a realização deste encontro: envolver a comunidade e os agentes locais no processo de crescimento e afirmação da sua própria terra.


Eng. Januário Cunha fala sobre o estado actual do projeto


Eng. Joaquim Baptista apresentando os investimentos futuros


Dra. Maria João Carneiro fala sobre o Turismo Sustentável


Dra. Maria João Carneiro, Eng. Joaquim Baptista e Eng. Januario Cunha


D. Maria da Glória Cruz lendo o seu poema sobre as bicicletas


Foram muitas as intervenções dos participantes


Dr. Santos Sousa partilha a sua visão sobre a estratégia ciclável


publicado por januário às 19:35
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

Iniciadas as obras de construção da "Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria"



A Câmara Municipal da Murtosa iniciou as obras de construção da chamada “Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria”, na área existente na confluência da Avenida da Cidade de Newark e a EN 109-5, na zona dos Adeixos, na Freguesia do Bunheiro.
 
A infraestrutura, pela sua localização, junto ao principal acesso ao centro da Vila da Murtosa, terá a função de “porta de entrada” no Concelho, prestando um conjunto de serviços a todos os visitantes, em particular aos utilizadores da rede de ciclovias da Murtosa.
 
A obra contempla um espaço de acolhimento com uma área de estacionamento automóvel, pavimentado em materiais naturais, na qual será construída uma pequena edificação em madeira, com diversos equipamentos de apoio, nomeadamente cafetaria, espaço multimédia de informação turística, sanitários e armazéns para guarda de bicicletas.
 
A empreitada foi adjudicada à firma “SCARP – Sociedade de Construções Civis e Obras Públicas António Rodrigues Parente S.A”, de Albergaria-a-Velha, pelo valor de 220.735,46€ (duzentos e vinte mil setecentos e trinta e cinco euros e quarenta e seis euros) e tem um prazo de execução de 120 dias.
 
Recorde-se que a obra da “porta de entrada” tinha sido prevista para ser materializada em conjunto com a requalificação do arruamento de ligação da EN 109-5 ao centro da Vila, ao qual foi dado o nome de Avenida da Cidade de Newark, o que não veio a acontecer devido ao facto do empreiteiro responsável ter abandonado a obra antes da sua conclusão. A Câmara Municipal efectuou a denúncia do contrato e encetou novo procedimento concursal para a conclusão da empreitada, que culminou com a adjudicação à empresa SCARP, supra-citada.
 
A “Porta de Entrada para a Mobilidade Sustentável da Ria” assume-se como uma peça fundamental em toda a estratégia de Mobilidade Sustentável do Município, parcialmente materializada nos projectos “Murtosa Ciclável” e “NaturRia”, potenciadores do Turismo, do Eco-Turismo e da qualidade de vida, que são vectores estratégicos no desenvolvimento sustentável de um Território como a Murtosa.

publicado por januário às 14:11
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

Murtosa no evento "Bicicleta Solidária", em Lisboa

        

No próximo domingo, dia 18 de Dezembro, em Lisboa, a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta vai organizar o Festival da Bicicleta Solidária, com fins altruístas (angariação de géneros alimentícios para Instituições de Solidariedade).

O Município da Murtosa tem condição para ceder transporte e bicicleta para cerca de 18 pessoas que queiram e tenham a possibilidade de participar no evento.
Assim, até às 17 horas da próxima quarta-feira, dia 14 do corrente mês de Dezembro, estão abertas as inscrições, na Câmara Municipal. Atendendo ao número limitado de lugares, serão aceites pela ordem de chegada, suspendendo-se as mesmas (inscrições) logo que não haja mais vagas.
A inscrição, em Lisboa, far-se-á no início da prova, mediante a entrega, por exemplo, de um pacote de arroz, ou de açúcar, ou de esparguete, ou qualquer outro bem não perecível.
A concentração está prevista para as 10.00 horas, no Terreiro do Paço, pelo que a saída da Murtosa será às 07.00 horas, das imediações do Edifício dos Paços do Município, com chegada prevista para o final da tarde (entre as 17.30 e as 19.30 horas).
Os eventuais participantes devem levar farnel ou dinheiro para o almoço.
Mais informações e inscrições: Telefone 234 830 117 ou o e.mail gap@cm-murtosa.pt, ou, somente quanto à prova www.fpcub.pt.

publicado por januário às 07:02
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Margens da Ria em requalificação, com Ecovia, entre o Chegado e a Ribeira de Pardelhas



A Câmara Municipal da Murtosa iniciou, recentemente, a empreitada de beneficiação da área marginal da Ria, entre o Chegado e a Ribeira de Pardelhas, na Freguesia da Murtosa, numa extensão de 4km. Esta empreitada, adjudicada ao consórcio “Oliveiras S.A./José Pinheiro Madaleno Lda.”, pelo valor de 1.363.286,23 (um milhão trezentos e sessenta e três mil duzentos e oitenta e seis euros e vinte e três cêntimos), contempla a reparação e consolidação das “motas” de protecção da invasão dos campos pelas águas da Ria, bem como o seu reperfilamento transversal, por forma a constituir um caminho marginal com a largura mínima de 3 metros, que possibilite a fruição, a pé ou de bicicleta, da área ribeirinha.
 
Para além disso, estão previstas obras de requalificação do cais existentes ao longo do percurso: Cova do Chegado, Bico e Ribeira de Pardelhas, intervenções que, de seguida, se explanam.
 
Cova do Chegado
Na Cova do Chegado serão construídos armazéns de aprestos para apoio à actividade piscatória exercida no local, bem como a construção de um bloco sanitário que, para além de servir os profissionais que têm a sua actividade sedeada no porto de abrigo, inaugurado em 2001, também se assumirá como equipamento de apoio ao pequeno parque de merendas que será construído na envolvente.
 
Bico
A intervenção prevista no cais do Bico pretende criar coerência urbanística no espaço, na medida em que, actualmente, a área apresenta duas faces distintas: por um lado, a nascente, o moderno porto de abrigo para pescadores, inaugurado em 2008, e, por outro, velhos ancoradouros degradados e assoreados. Tendo presente o objectivo atrás formulado, pretende-se enrocar todos os taludes dos ancoradouros e zonas marginais que se apresentam erudidos, pavimentar os espaços entre os antigos cais, criar condições para que as marés vivas fiquem contidas dentro dos planos de água e não invadam os espaços públicos envolventes, beneficiar a rede de iluminação pública, reestruturar o espaço do parque de merendas e área envolvente e beneficiar a zona do areal, que se pretende assumir como praia fluvial.
 
Ribeira de Pardelhas
Na Ribeira de Pardelhas a intervenção consistirá no tratamento do espaço situado em frente ao antigo matadouro, com criação de parque de estacionamento e percursos pedonais e na beneficiação da iluminação pública, por forma a que toda a zona envolvente ao cais fique devidamente iluminada; Também o canal da Ribeira de Pardelhas será enrocado, em pedra, em ambas as margens, desde o cais até à saída para o canal da Murtosa.
 
A obra de requalificação da área marginal à Ria, entre o Chegado e a Ribeira de Pardelhas, faz parte de uma estratégia bastante mais abrangente, que visa a requalificação de toda a área ribeirinha, no Município da Murtosa, desde a Ribeira Nova, na fronteira com a Freguesia de Veiros (Estarreja) até à Ribeira das Teixugueiras, na fronteira com a Freguesia de Pardilhó (Estarreja). Esta estratégia encontra-se plasmada no Plano Intermunicipal de Ordenamento da Ria de Aveiro e será concretizada pelo Município da Murtosa e pela Sociedade Polis Litoral Ria de Aveiro.
 
Neste âmbito, a Câmara Municipal da Murtosa adjudicou já à empresa “Brimo-Britas de Mouquim, Lda” a empreitada de requalificação da área marginal, entre a Ribeira de Pardelhas e os Ameirinhos (troço contíguo à área de intervenção da empreitada agora iniciada), pelo valor de 898.775,96 (oitocentos e noventa e oito mil setecentos e setenta e cinco euros e noventa e seis cêntimos, prevendo-se que a obra se inicie em breve.

publicado por januário às 19:14
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Novembro de 2011

Lançado o concurso para construção de ciclovias na Freguesia da Torreira

A Câmara Municipal da Murtosa abriu o concurso público, que foi publicado no Diário da República, II Série, no dia 4 do corrente mês de Novembro, para a execução da empreitada de pavimentação de passeios e construção de ciclovias na Torreira, com o valor base de 604.507,14€ (seiscentos e quatro mil quinhentos e sete euros e catorze cêntimos).
 
Esta empreitada congrega uma série de intervenções de relevo, ao nível da requalificação urbana, no núcleo central da Freguesia da Torreira e insere-se na estratégia do Executivo Municipal em melhorar as condições de mobilidade no Concelho da Murtosa, com especial incidência na construção de ciclovias e espaços pedonais, continuando, desta forma, a materialização do Projecto “Murtosa Ciclável”.
 
No âmbito do procedimento agora lançado, estão previstas as intervenções que, de seguida se explanam:
 
- CONSTRUÇÃO DE CICLOVIAS
 
Um dos aspectos mais relevantes da obra é a criação de ciclovias, que darão continuidade à rede já existente. Assim, prevê-se a construção de ciclovia, ao longo da Avenida dos Descobrimentos, desde a confluência com a Rua dos Pescadores (onde termina a ciclovia existente) até à Ria; o prolongamento da pista ciclável da EN 327, ao longo da margem da Ria, desde a marina até ao Monte Branco; a construção de ciclovia ao longo da Avenida 12 de Julho, do Monte Branco à confluência com a Avenida dos Descobrimentos; e a ligação da ciclovia da Rua da Saudade à ciclovia da Avenida da Circunvalação, junto à Casa Mortuária.
 
- AVENIDA DUARTE PACHECO (Marginal da Ria)
 
O pavimento do passeio do lado poente será quase todo reperfilado e repavimentado, não só para correcção de cotas mas também para uniformizar material aplicado nos revestimentos. Serão construídos passeios, entre a Avenida dos Descobrimentos e o Monte Branco. O espaço (gaveto) compreendido entre o início da Rua António Tomás Júnior e a Avenida dos Descobrimentos terá um tratamento especial. Esta área será reorganizada e pavimentada, estando prevista a construção de um parque de estacionamento com 12 lugares, bem como a execução de passeios e de rede de drenagem de águas pluviais. Também a iluminação pública será alvo de reformulação, no troço compreendido entre a Avenida Hintze Ribeiro e a Avenida dos Descobrimentos. Será, igualmente, reorganizado o espaço de passeios junto à marina.

Marginal da Ria, onde será implementada ciclovia


Gaveto compreendido entre o início da Rua António Tomás Júnior e a Avenida dos Descobrimentos

- AVENIDA 12 DE JULHO
 
Esta Avenida será algo de uma intervenção de requalificação bastante significativa. Para além da já citada ciclovia, serão criadas duas faixas de rodagem, com separador central e criada uma baia de estacionamento longitudinal. Serão construídas rotundas nas extremidades do troço norte-sul do arruamento: uma a norte, na confluência com a Avenida dos Descobrimentos, e a outra a sul, que dará acesso ao aglomerado próximo, conhecido por Urbanização Torreirinha. A iluminação pública será substituída e a rede de águas pluviais será remodelada e adaptada.

Rua 12 de Julho
 

- RUA DA RIA DE AVEIRO – AVENIDA HINTZE RIBEIRO
Será executada a ligação da Rua da Ria de Aveiro, actualmente sem saída, à Avenida Hintze Ribeiro. Para além da ligação propriamente dita, será regularizado o pavimento no acesso às garagens dos prédios e na envolvente, sendo os citados acessos dotados de iluminação pública.

Rua da Ria de Aveiro


- RUA DAS AREIAS
Será feita a reorganização do perfil da rua, com construção de passeios e estacionamento, sendo em toda a extensão do arruamento será instalada iluminação pública.

Rua das Areias


Esta empreitada que, a breve trecho, virá qualificar, ainda mais a Torreira, junta-se a um conjunto de obras que a Câmara Municipal tem vindo a realizar nesta Freguesia. Recorde-se que o novo edifício do Pré-Escolar, construído no perímetro da EBI da Torreira e concluído em Agosto último, iniciou o seu funcionamento no início do ano lectivo; a requalificação da Rua da Saudade, inserida na obra de construção do novo parque de campismo (em funcionamento desde Julho deste ano), se encontra praticamente concluída e que a empreitada de construção da zona desportiva da Torreira, entre o cemitério da Freguesia e a Escola Básica Integrada está já em curso.

publicado por januário às 11:10
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

II Volta à Murtosa em Bicicleta



Depois do sucesso da primeira edição, realizada em 2010, que juntou cerca de 500 ciclistas terá lugar, no próximo dia 25 de Setembro, a II Volta à Murtosa em Bicicleta, um grande passeio cicloturístico, aberto a pessoas todas as idades, organizado pela Câmara Municipal da Murtosa em parceria com as colectividades e associações locais, no âmbito do Projecto “Murtosa Ciclável”. 
 
A concentração dos participantes está marcada para as 9.30h, no Parque Municipal da Saldida. O passeio iniciar-se-á por volta da 10h e passará por todas as Freguesias do Concelho da Murtosa, terminando novamente no Parque Municipal, onde decorrerá um almoço/convívio, seguido de uma tarde de animação.
 
À semelhança da edição 2010, que contou com a participação de António Leitão e Venceslau Fernandes, também a II Volta à Murtosa terá como convidados especiais o ciclista Joaquim Sousa Santos, vencedor da Volta a Portugal em Bicicleta em 1979, e das jovens promessas do ciclismo Murtoseiro, Marcelo Vieira, Alexandre Matos e Mariana Almeida.
Este evento pretende, antes de mais, sensibilizar os cidadãos para a promoção dos meios suaves de mobilidade, e para além disso, ser uma oportunidade para os participantes ficarem a conhecer um pouco melhor o Concelho da Murtosa, através de um passeio que, ao longo de 28km, que passará pelo Bunheiro, Monte, Murtosa e Torreira.
 
Os interessados em participar dever-se-ão inscrever, no Gabinete de Apoio ao Munícipe, na Câmara Municipal ou junto das Colectividades Concelhias , até ao dia 20 de Setembro. 
A inscrição custa apenas 5 pedaladas, inclui seguro e dá direito a uma t-shirt, a um boné e uma senha para o almoço/convívio.
 
 
O PERCURSO (28km)
Concentração no Parque Municipal da Saldida, pelas 9.30h
Rotundas das Piscinas, Avenida do Emigrante, Rotunda dos Bombeiros, Rua José Maria Barbosa, Rua António José de Freitas Guimarães, Praça Jaime Afreixo, Rua dos Precursores, Caminho do Moradal, Rua da Mamaparda, Marginal Padre António, Ponte da Varela, EN 327 até à rotunda da Marina da Torreira, Avenida da Circunvalação, Marginal do Mar;
 
Paragem na Praça da Varina;
Avenida Hintze Ribeiro, Marginal da Ria, EN 327 até à Ponte da Varela, Estrada Velha de Leirosa, Estrada da Feiteira, Rua do Esteiro, Rua Ruy do Vouga, Rua Caminho das Remolhas, Avenida da Cidade de Newark, Avenida Padre António Morais da Fonseca Rua Álvares Cabral, Avenida de Santo António, Rua António Vieira Pinto, Rua Manuel Porrão;
 
Chegada ao Parque Municipal.

publicado por januário às 14:17
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

SIMRIA doou 7 bicicletas ao Município da Murtosa

A empresa SIMRIA – Saneamento Integrado dos Municípios da Ria, S.A., doou à Câmara Municipal da Murtosa 7 bicicletas, que incorporarão a frota do Município, afecta às actividades desenvolvidas no âmbito do Projecto Murtosa Ciclável.A entrega formal das bicicletas decorreu, no passado dia 22 de Junho, no Centro de Educação Ambiental da Ribeira de Pardelhas, na Murtosa.
 
Usando da palavra, o Presidente da Câmara Municipal da Murtosa agradeceu ao Presidente do Conselho de Administração da SIMRIA a oferta das bicicletas, registando o contributo que, dessa forma, a empresa dá no incremento da estratégia de mobilidade sustentável do Concelho da Murtosa. Frisou, ainda, os impactos muito significativos que o Projecto Murtosa Ciclável tem tido na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, suscitando novos hábitos de mobilidade, mais amigos do ambiente, da saúde e da economia.
 
De seguida, o Presidente do Conselho de Administração da SIMRIA dirigiu algumas palavras aos presentes, focando a preocupação da empresa nos valores da preservação do meio Ambiente e da Sustentabilidade, realçando, igualmente, o trabalho desenvolvido pelo Município da Murtosa no domínio da Mobilidade Sustentável, ao qual a SIMRIA se associava com a doação das bicicletas.
 
As bicicletas oferecidas pela SIMRIA são semelhantes às adquiridas pelo Município da Murtosa e actualmente disponibilizadas aos cidadãos, ostentando, para além da simbologia associada aos Projectos Murtosa Ciclável e NaturRia, o logótipo da empresa.

 

Entrega formal das Bicicletas, junto ao Centro de Educação Ambiental da Ribeira de Pardelhas;
Mesa de Honra: Dr. Duarte Cunha, Administrador Não Executivo da SIMRIA,
Dr. Santos Sousa, Presidente da Câmara Municipal da Murtosa,
o Presidente do Conselho de Aministração da SIMRIA, Eng. João Pedro Rodrigues e o
Admistrador Delegado da SIMRIA, Dr. Jorge Torres.

 


publicado por januário às 18:57
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

IV Passeio de Bicicleta ACB/Amigos da Cerca juntou 120 ciclistas


Confraternização na paragem na Ribeira de Pardelhas

No passado dia 29 de Maio, cerca de 120 ciclistas participaram no 4º Passeio de Bicicleta, organizado pela Associação Cultural Bunheirense e pelos Amigos da Cerca.
 
O animado grupo partiu da sede da ACB, no centro do Bunheiro, rumando ao Mancão e, depois, pela Estrada Velha de Leirosa, até à Varela. A caravana tomou então o Percurso Visitável da Natureza - NaturRia, até à Ribeira de Pardelhas, onde teve lugar uma paragem para reabastecimento. Retomada a marcha, os ciclistas seguiram até ao Bico, pelo NaturRia, rumando, depois até ao Parque Municipal da Saldida, para nova paragem. Daí, passaram pela Praça de Pardelhas e pelo centro do Monte, antes do regresso ao Bunheiro, onde teve lugar um almoço de confraternização, ao ar livre que contou com cerca de 140 inscritos. Na denominada “Praceta ACB”, em frente à sede, a tarde foi de convívio com música e animação.
 
Foi mais um êxito para a organização, que contou com a parceria da Câmara Municipal, onde saiu a ganhar o gosto pelo uso da Bicicleta e o conhecimento e usufruição do Património Natural ímpar da nossa Terra.

publicado por januário às 19:05
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

Câmara Municipal cedeu 10 bicicletas ao Agrupamento de Escolas da Murtosa


Dr. Santos Sousa, Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, entrega as bicicletas à Directora do Agrupamento, Dra. Ana Paula Santos

A Câmara Municipal da Murtosa cedeu 10 bicicletas do Município ao Agrupamento de Escolas da Murtosa, que passarão a estar disponíveis na sede do Agrupamento, na EB 2,3 com Secundário Padre António Morais da Fonseca, para utilização por parte de professores e auxiliares, nomeadamente dos docentes que, sendo de longe, vêm de automóvel e, na hora de almoço, se deslocam ao Centro da Vila da Murtosa.
 
A entrega das bicicletas e a assinatura do protocolo de colaboração, pelo Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Dr. Santos Sousa, e pela Directora do Agrupamento de Escolas da Murtosa, Dra. Ana Paula Santos, decorreram, no passado dia 27 de Maio, na Escola Padre António Morais da Fonseca.
 
No âmbito do Projecto “Murtosa Ciclável”, o Município da Murtosa, bem como as Colectividades Concelhias e a Comunidade em geral, têm vindo a promover acções e eventos de divulgação, promoção e valorização da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia, de lazer e de descoberta do património natural e construído.
 
No prosseguimento deste desideratum, a Autarquia adquiriu bicicletas, que disponibiliza para o programa de visitas guiadas que implementou, tendo, já no decurso do corrente ano, colocado algumas bicicletas no edifício da Câmara Municipal, que são utilizadas por funcionários e autarcas nas deslocações mais próximas.
 
A cedência de bicicletas à Escola Padre António Morais da Fonseca é mais um passo, no crescimento deste projecto de mobilidade, constantemente em construção, aberto à inovação e à participação e envolvimento de todos os cidadãos.

publicado por januário às 18:39
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Câmara Municipal disponibiliza bicicletas aos Funcionários e membros do Executivo


Continuando as acções de promoção e valorização da bicicleta, a Câmara Municipal da Murtosa passou a disponibilizar, nos Paços do Município, um conjunto de bicicletas, aos funcionários e membros do Executivo Municipal, para as pequenas deslocações, em contexto de trabalho.
 
Embora a opção pelo transporte a pedais seja facultativa, a medida tem como objectivo a substituição do automóvel pela bicicleta, nas deslocações a zonas que fiquem na proximidade da Câmara Municipal, com ganhos nos domínios do ambiente, da saúde e da economia, conforme preconizado no Projecto “Murtosa Ciclável”.
 
A opção pela bicicleta está a ter uma adesão transversal na Câmara Municipal, do membros do Executivo Municipal aos funcionários, assumindo-se como um exemplo a replicar noutros serviços públicos e nas empresas do Concelho.

publicado por januário às 14:18
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

Câmara Municipal instala novos parques de bicicletas


Um dos novos parques, instalado junto aos Paços do Município

A Câmara Municipal da Murtosa está a proceder à instalação de novos parques de estacionamento para bicicletas nos em alguns dos espaços públicos do Município. Os novos equipamentos utilizam o conceito de “U invertido”, possibilitando um estacionamento mais seguro e confortável para os utilizadores, uma vez que, com estes parques, é possível apoiar, na estrutura, a totalidade do quadro da bicicleta e não apenas a roda, como acontece com os sistemas vulgares.

 
Os novos parques estão a ser instalados, numa primeira fase, no centro urbano de Pardelhas, uma intervenção que se irá estender, progressivamente a outros locais.
 
A dotação do Município da Murtosa com equipamentos de apoio à utilização da bicicleta de qualidade é um dos pilares da materialização do Projecto “Murtosa Ciclável”, que visa a promoção dos meios suaves de locomoção, em detrimento da utilização do automóvel.

publicado por januário às 19:15
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

Carro Vs Bicicleta


publicado por januário às 11:53
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Novembro de 2010

Murtosa vai acolher em 2012 o Congresso Ibérico "A Bicicleta e a Cidade"

O Município da Murtosa vai acolher, em 2012, o 9º Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”. O anúncio foi feito no encerramento do 8º Congresso, que decorreu nos passados dias 29, 30 e 31 de Outubro, na cidade espanhola de Sevilha, e que reuniu reputados especialistas na área da mobilidade de Espanha e de Portugal.

A convite da organização, o Município da Murtosa apresentou no Congresso de Sevilha o desenvolvimento do Projecto Murtosa Ciclável, como um reconhecido exemplo de boas práticas no domínio da promoção da utilização da bicicleta. A delegação Murtoseira foi constituída pelo Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Dr. Santos Sousa, pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Baptista e pelo Vereador do Ambiente, Eng. Januário Cunha.

O Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”, organizado pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB) e pela sua congénere espanhola ConBici, é um dos mais importantes Fóruns europeus de discussão de políticas de promoção da mobilidade ciclável e realiza-se, de dois em dois anos, de forma alternada, em Portugal e em Espanha.

A escolha do Município da Murtosa para a realização da próxima edição do Congresso Ibérico, representa o reconhecimento internacional pelo trabalho realizado em prol da mobilidade sustentável no nosso Concelho, que se apresenta como um autêntico caso de estudo neste domínio e exemplo a replicar noutros Territórios.

 
Dr. Santos Sousa fala no encerramento do 8º Congresso


Eng. Januário Cunha apresenta o Projecto "Murtosa Ciclável"

publicado por januário às 14:20
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Outubro de 2010

Murtosa Ciclável vai ser mostrado em Espanha



O Município da Murtosa vai participar no VIII Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade”, que se realizará nos dias 29, 30 e 31 de Outubro e 1 de Novembro, na cidade Espanhola de Sevilha. Perante reputados especialistas Portugueses e Espanhóis, da área da mobilidade, a Câmara Municipal da Murtosa apresentará uma comunicação intitulada “Murtosa Ciclável – a Bicicleta na Mobilidade Urbana e na Fruição da Natureza”, que dará a conhecer a estratégia de promoção da mobilidade ciclável, em curso na Autarquia, que lhe tem granjeado o reconhecimento público.

 
O Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade” realiza-se de 2 em 2 anos, alternadamente em Portugal e em Espanha, sendo um dos mais importantes fóruns europeus de discussão de políticas de mobilidade ciclável. A Murtosa apresentará o Projecto “Murtosa Ciclável” a convite da organização.
 
A edição de 2010 do Congresso Ibérico “A Bicicleta e a Cidade” terá como temas principais de reflexão, o “urbanismo, infraestruturas e legislação” a “educação para uma mobilidade sustentável em bicicleta” e “bicicletas públicas e intermodalidade bicicleta/transporte público”.
 
O convite para a apresentação, em Espanha, dos resultados da implementação do Projecto “Murtosa Ciclável”, uma semana depois da participação da Câmara Municipal no Festival Bike 2010, em Santarém, representa, uma vez mais, o reconhecimento internacional pelo sucesso do trabalho desenvolvido no Município, que se apresenta como um “caso de estudo” de boas práticas no domínio da bicicleta, com capacidade e qualidade para ser replicável noutros Territórios.

publicado por januário às 15:04
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Projecto "Murtosa Ciclável" foi apresentado no Festival Bike de Santarém


Eng. Januário Cunha apresenta o Projecto, junto ao Sr. José Caetano, Presidente da FPCUB

No passado dia 22 de Outubro, a Câmara Municipal da Murtosa, através do Vereador do Ambiente, Eng. Januário Cunha, apresentou o Projecto “Murtosa Ciclável” no Festival Bike Portugal 2010 - Festival Internacional da Bicicleta, Equipamentos e Acessórios, que se realizou em Santarém. Da comitiva Murtoseira que se deslocou ao Festival Bike fizeram parte, ainda, o Presidente da Câmara Municipal, Dr. Santos Sousa, e o Vice-Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Baptista.
 
A apresentação teve lugar na conferência, promovida pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB), integrada na programação do certame, que se assume como um dos maiores eventos de promoção da bicicleta realizados em território nacional.
 
A apresentação do Projecto Murtosa Ciclável representou uma excelente oportunidade para, junto de especialistas do sector, dar a conhecer as boas práticas, no domínio da mobilidade ciclável, que estão a ser implementadas, com sucesso e reconhecimento público, no Município da Murtosa.

publicado por januário às 10:14
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

I Volta ao Município da Murtosa juntou cerca de meio milhar de cicloturistas

 
Venceslau Fernandes e António Leitão com o Dr. Santos Sousa                


Passagem na EN 109-5, a caminho da Torreira


Passagem na Marginal Padre António


Pausa na Praça da Varina


Convívio na Ribeira de Pardelhas

A Murtosa viveu na tarde do passado domingo, dia 26 de Setembro, uma bela e muito participada jornada de convívio e promoção da bicicleta, com a realização da I Volta ao Município da Murtosa em Bicicleta, organizada pela Câmara Municipal em parceria com as Colectividades locais.

 
Cerca de meio milhar de participantes, de todas as idades, reuniram-se no Parque Municipal da Saldida para um passeio cicloturístico de 28km, que passou pelas 4 Freguesias do Concelho. A acompanhar a numerosa e animada caravana estiveram dois convidados muito especiais: Venceslau Fernandes e António Leitão, duas figuras lendárias do desporto nacional.
 
Depois da passagem pela Avenida de Santo António e pela Avenida de S. Mateus, os ciclistas tomaram a pista ciclável da EN 109-5 até à Ponte da Varela e, daí, seguiram até à Torreira, onde, na Praça da Varina, teve lugar um pausa de 20 minutos para descanso e distribuição de água; Retomada a marcha, sempre em ritmo de passeio, acessível aos participantes de todas as idades, a caravana cicloturística seguiu novamente em direcção à Varela, tendo tomado a Marginal Padre António até à Mamaparda e daí até ao Moradal e ao Centro de Pardelhas. Para fechar a volta com chave de ouro, os participantes tinham à sua espera, no Parque de Merendas da Ribeira de Pardelhas, um lanche-convívio com porco no espeto, para retemperar as forças.
 
O evento, que, de certa forma, representou o culminar da intensa época cicloturística no Município da Murtosa, pretendeu, de forma lúdica, sensibilizar os cidadãos para a promoção dos meios suaves de mobilidades e, ao mesmo tempo, possibilitar um melhor conhecimento do Território Murtoseiro.
 
A extraordinária mobilização alcançada pela I Volta ao Município da Murtosa em Bicicleta mostrou, de forma inequívoca, a adesão dos cidadãos e das Associações locais às dinâmicas do Projecto “Murtosa Ciclável”, afirmando, cada vez mais, o Concelho como um exemplo de utilização da bicicleta, ao nível nacional e até internacional.

publicado por januário às 11:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Mais de 100 ciclistas pedalaram no Passeio Cicloturístico dos Emigrantes


Foto de família, junto ao Monumento ao Emigrante

Realizou-se hoje, dia 12 de Agosto, pela manhã, o tradicional Passeio Cicloturístico dos Emigrantes Murtoseiros, um evento, incluído no programa da Festa do Emigrante 2010, que contou com a presença de 107 inscritos, nos quais se incluíam o Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Dr. Santos Sousa e o Presidente da Junta da Freguesia da Murtosa, José Morais.

 
Por volta das 9.30h da manhã, o numeroso grupo partiu da confluência da Rua União Beneficente Murtoense com a Avenida do Emigrante, rumo ao Outeiro da Maceda, passando pelo centro da Freguesia da Murtosa. A caravana seguiu, depois, para norte, pela Rua D. Dinis e Rua Professor Alípio Portugal até à Rua 25 de Abril, tomando depois a Rua de Santo Estêvão, onde se deu a entrada na Freguesia do Monte; Dada a volta à Arribação, o grupo seguiu para o Bunheiro, passando pelo eixo Avenida de Santo António - Avenida de S. Mateus. A paragem técnica para reabastecimento e ajustes, nas bicicletas e nos ciclistas, deu-se, como habitualmente no lugar do Facho, no norte da Freguesia do Bunheiro; Do norte, os ciclistas rumaram ao sul, até S. Silvestre, e, daí, até à Praça Jaime Afreixo, onde foi dada a volta de consagração, antes do almoço convívio no Salão dos Bombeiros Voluntários da Murtosa.
 
O passeio cicloturístico dos Emigrantes, que se realiza anualmente em Agosto, representa uma excelente oportunidade de convívio entre aqueles que, tendo sido emigrantes, já regressaram à Terra-Mãe, e os que, trabalhando e vivendo ainda nos países de acolhimento, visitam a Murtosa no período de Verão.
 

publicado por januário às 17:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

Câmara Municipal da Murtosa disponibiliza bicicletas, gratuitamente, no Centro de Educação Ambiental da Ribeira de Pardelhas



O Centro de Educação Ambiental da Ribeira de Pardelhas, na Freguesia da Murtosa, estará aberto ao público, diariamente, de segunda a sexta-feira, durante o mês de Agosto, disponibilizando informações aos visitantes acerca dos Projectos Murtosa Ciclável e NaturRia, bem como do Programa de Visitas Guiadas ao Património Natural e Cultural do Concelho.

 
A Câmara Municipal da Murtosa disponibiliza, igualmente, no Centro, gratuitamente, um conjunto de bicicletas a todos aqueles que pretendam conhecer o território da Murtosa, bastando, para tal, que o solicitem junto do monitor que supervisiona o espaço. As bicicletas poderão ser usadas no período de funcionamento do Centro, de segunda a sexta-feira, entre as 10h e as 12.30h e entre as 14h e as 18h.
 
Para além destes serviços, será possível efectuar inscrições, individuais e de grupos, nas Visitas Guiadas, promovidas pelo Município aos fins-de-semana.
 
O Centro de Educação Ambiental da Ribeira de Pardelhas foi inaugurado em Janeiro de 2010 e tem-se revelado um espaço chave na promoção da estratégia Municipal de valorização do património natural e cultural do Concelho da Murtosa. Situado em pleno NaturRia, o edifício tem acolhido várias iniciativas de cariz Ambiental, servindo também como plataforma logística para o Programa de Visitas Guiadas.

publicado por januário às 16:57
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Maio de 2010

Primavera Ciclável 2010

 

Depois do enorme sucesso alcançado pela primeira edição, no ano de 2009, realizar-se-á, no próximo dia 29 de Maio, mais uma “Primavera Ciclável”, uma acção que pretende ser, acima de tudo, um grande convívio à volta da bicicleta, aberto a toda a população e aos visitantes, antecedendo um conjunto alargado de iniciativas, promovidas pelas associações e colectividades locais, de promoção da utilização da bicicleta, nos meses de Junho, Julho e Agosto.

 

O evento, organizado pela Câmara Municipal da Murtosa, terá lugar na Ribeira de Pardelhas, em pleno NaturRia, e contará com a presença de representantes de várias instituições nacionais da área da mobilidade e dos transportes, bem como de empresas ligadas à produção e comercialização de bicicletas, que mostrarão, ao longo da tarde, as suas propostas no domínio das duas rodas.

 

A “Primavera Ciclável 2010” acontece, a partir das 14.30h, na Sede da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro e inicia-se com uma sessão de boas-vindas, onde um orador convidado falará acerca da história da bicicleta. Segue-se um passeio cicloturístico, com todos os participantes, que antecede o convívio final, com café, bolos e vinho fino, no decurso do qual será sorteada uma bicicleta.

 

A Câmara Municipal da Murtosa convida toda a população a trazer a sua bicicleta e a participar na edição 2010 da “Primavera Ciclável”, contribuindo, assim, com a sua presença, para o sucesso desta iniciativa, que integra o Plano de Acção, para 2010, do Projecto Murtosa Ciclável.


publicado por januário às 19:58
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Novembro de 2009

Projecto Cicloria

 

Mais informações:

http://cicloria.blogs.sapo.pt/

http://turismociclavel.blogs.sapo.pt/


publicado por JCM às 14:01
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

Assine a petição

 Extensão aos velocípedes dos benefícios fiscais à aquisição de veículos não poluentes

Assina a petição. Mostra a amigos, conhecidos e familiares.
Vamos reunir as 5000 assinaturas e levar o assunto à Assembleia da República.
Assina a Petição aqui
http://www.petitiononline.com/IRSBICIC/petition.html
 
Mais informação sobre a petição:
 
Transportes: simpatizante da 'bicla' inicia movimento para incluir velocípedes nos descontos do IRS 
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1351838&idCanal=92

publicado por JCM às 22:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


.posts recentes

. Seminário discutiu a impo...

. Murtosa marcou presença n...

. Inaugurada a Porta de Ent...

. Murtosa recebeu o IX Cong...

. Fórum Murtosa Ciclável di...

. Iniciadas as obras de con...

. Murtosa no evento "Bicicl...

. Margens da Ria em requali...

. Lançado o concurso para c...

. II Volta à Murtosa em Bic...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Contador

Free Hit Counters

.Equipa de Projecto

Câmara Municipal da Murtosa Presidente - Eng. Joaquim Manuel dos Santos Baptista
Edifício dos Paços do Concelho Praça do Município 3870-101 MURTOSA Telefone: 234830100 Fax: 234867636
E-mail: Presidência

Grupo de Investigação em Planeamento do Território
Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de AveiroCampus de Santiago - 3810-193 AVEIRO
Tlf. 234-370230
E-mail: Murtosa Ciclável
blogs SAPO

.subscrever feeds